MISTÉRIO: Míssil sem dono é lançado da costa oeste dos EUA (3 atualizações 10/11/2010)

Posted on 09/11/2010

27



Esta notícia não tem a ver com possibilidade de vida alienígena, pois seguramente foi causada por humanos.  Contudo, como ainda não conseguiram identificar quem lançou o míssil, ele está classificado como Objeto Voador Não Identificado (OVNI), ou melhor Objeto Voador com Dono Não Identificado (OVDNI).  E como se trata de algo extraordinário, decidimos reportar aqui.

A rede estadunidense de televisão CBS, bem como outras emissoras relataram esta tarde (09/11/2010), que um míssil foi lançado de aproximadamente 56 quilômetros da costa de Los Angeles, logo ao norte da ilha de Catalina ontem, dia 8 de novembro.

Até agora, ninguém das forças armadas tomou a responsabilidade pelo evento e nem a Marinha, nem o Pentágono alegaram conhecimento do evento.

O míssil foi lançado aproximadamente às 17h00min, horário local, e um helicóptero da emissora afiliada à CBS, KFMB, que estava na área filmou o evento.

A KFMB mostrou o vídeo para o ex-embaixador da OTAN, Rober Ellsworth, que também é ex-Vice Secretário da Defesa.

Ellsworth disse “É espetacular… Isso tira o fôlego das pessoas”.  Ele também afirmou se tratar de um míssil de grande porte.

Veja o vídeo:

Atualização 1 (10/11/2010, 7h30min): Acreditem, ou não, oficiais do Pentágono, quando pressionados disseram que o vídeo mostrava nada mais do que um avião.  E agora, após serem bombardeados pela mídia com sua estúpida resposta, estão alegando que pode ter sido um míssil de uma empresa particular.

Atualização 2 (10/11/2010, 11h30min): Algumas pessoas estão alegando que um vídeo com um novo ângulo do míssil, mostra OVNIs em duas instancias.

Confira ao 4 segundos e aos 39 segundos.  Realmente intrigante!

Atualização 3 (10/11/2010, 20h30min): O DoD (Department of Defense) dos Estados Unidos abandonou a estória de que poderia ser um míssil de uma empresa privada e voltou a afirmar que o avistamento não foi nada mais do que o rastro deixado por um avião comercial.  Segundo eles, as condições atmosféricas do momento, associadas ao sol poente, favoreceram a confusão.  Contudo, nenhum horário de vôo, e tampouco rota de aviões das companhias aéreas saindo de Los Angeles combinou com o avistamento do objeto.

Editorial:

Puxa, as empresas particulares estão mesmo podendo muito hoje em dia não?  Lançar um míssel deste porte sem a autorização de ninguém!  E as companhias aéreas deveriam trocar os “anéis dos pistões” de seus aviões, pois estão queimando muito óleo.

Para mim este evento só vem a confirmar que quando se trata de informações sensíveis, não se pode confiar em governo algum. Aliás, deixem-me reitificar: Quando se trata de qualquer coisa não se pode confiar neles.

Outra observação importante: a mídia brasileira não fez questão de relatar este evento.  Ah, desculpem, o goleiro Bruno é mais importante.

n3m3

Anúncios